"Entenda, é tudo novo pra mim. Nunca precisei tanto de alguém como preciso de você, nunca desejei tanto um sorriso como desejo o seu, nunca esperei tanto por um beijo como espero pelo seu. Eu nunca fui tão eu mesma como sou com você. Perdão se às vezes meu jeito infantil de reagir te assusta ou te incomoda. Repito, é tudo novo para mim. Sinto-me uma criança confusa diante desse sentimento, sinto-me frágil diante do medo de te perder, sinto-me pequena diante da perfeição que a cada dia descubro em você, sinto-me cega diante da luz e magia que flui naturalmente dos seus olhos e do seu sorriso. Eu não sei o porquê de tudo isso. Não compreendo a imensidão do meu desejo. Desculpe pela infantilidade que te amar despertou em mim."

Caio Fernando Abreu.  (via re-can-to)

(Source: que-seja-leve, via re-can-to)

Se orienta garota e segue de cabeça erguida, ele é só um otário que surgiu na sua vida.

Ta foda.

"Agora que somos ontem, o que faremos do amanhã?"

Caio Augusto Leite. (via promisse)

(Source: ventodemaio, via paranoiaadolescente)

"Tô tão feliz, tão leve… Vou deixar pra ficar triste outra hora. Agora, não."

Caio Fernando Abreu. (via sem-sofrer)

(Source: serporestar, via faz-sonhar)

"Eu só amo quando sei completamente tudo sobre uma pessoa ou quando não sei absolutamente nada."

Tati Bernardi. (via efeitotequila)

(Source: uma-epoca, via uma-epoca)

(Source: uma-epoca)

"Só me fala que vai me aturar. Aturar todas as minhas crises de ciúmes, meus momentos - não tão raros - sem paciência, as minhas desconfianças e meus surtos de insegurança. Aturar meus dramas, minhas teimosias, minha arrogância, minhas piadas sem graça e o meu não-romantismo. Aturar todos os meus tipos de provocação, meu amor por outras pessoas, minhas mudanças inconstantes de humor e de temperamento. Aturar minha mente confusa, minha memória irritante, minha sinceridade exagerada. Aturar quando eu falar que te amo mais e também quando eu não falar que te amo. Aturar e segurar tudo não por mim, nem por você… Mas por nós."

Tati Bernardi. (via fixedly)

(Source: romantizar, via revejaseusconceitos-deactivated)